quinta-feira, 31 de março de 2011

Maranhão tem mais de 350 vagas em concursos

Maranhão tem mais de 350 vagas em concursos

Os Correios estão disponibilizando 282 vagas de nível médio para o Maranhão em seu seletivo, sendo estas vagas divididas em: atendente comercial, 81 vagas; carteiro, 192 vagas; operador de triagem e transbordo, 9 vagas. O salário base é de R$ 807,29, além de vários benefícios como vale-alimentação, vale-transporte, assistência médica e odontológica, entre outros. As inscrições podem ser feitas até o dia 5 de abril através do site www.cespe.unb.br/concursos/correiosagente2011. A taxa de inscrição é de R$ 32,00. A prova está datada para o dia 15 de maio.

Dia 8 de abril finaliza o prazo para inscrições do concurso do Tribunal de Justiça do Maranhão. São 58 vagas imediatas e formação de cadastro reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade. O TJ-MA ainda não informou quais serão os salários. Técnico judiciário nas áreas de apoio técnico administrativo, contabilidade, hardware, software e técnico em edificações, além de comissário de justiça da infância e juventude são as vagas para níveis médio e técnico. De nível fundamental o cargo oferecido é de auxiliar judiciário, apoio administrativo. As inscrições devem ser feitas até 8 de abril nos sites www.servidor.tjma.ieses.org e www.tjma.jus.br. As taxas variam de R$ 45 a R$ 75. A avaliação acontecerá dia 15 de maio.

O Serviço Social da Indústria – SESI, Departamento Regional do Maranhão, lançou edital para a realização do Processo Seletivo para contratação de Colaboradores para o Quadro Efetivo e Cadastro de Reserva. O concurso SESI 2011 visa o preenchimento de 32 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. O salário é de até R$ 5.546,21. As inscrições serão de 04 de abril a 08 de maio pela Internet, através dos sites www.fsadu.org.br e www.sousandrade.org.br. A taxa de inscrição será de R$ 30,00 para nível fundamental, R$ 35,00 para nível médio e R$ 55,00 para nível superior. As provas de Múltipla Escolha serão aplicadas no dia 05 de junho de 2011, nas cidades de Bacabal/MA, Caxias/MA, Imperatriz/MA e São Luís/MA. O Período de realização da Prova Didática, da Prova Prática e do Estudo de Caso, será nos dias 24 a 30 de junho de 2011.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Departamento Regional do Maranhão, publicou edital para realização de Processo Seletivo. O concurso é para contratação de Colaboradores para o Quadro Efetivo e Cadastro de Reserva do SENAI/MA. As inscrições poderão ser efetuadas no período de 04 de abril à 08 de maio de 2011, através dos sites www.fsadu.org.br e www.sousandrade.org.br. A taxa de inscrição irá variar de R$ 30,00 a R$ 55,00 e a prova será realizada no dia 5 de junho.








Policiais recebem treinamento sobre Direitos Humanos

Policiais recebem treinamento sobre Direitos Humanos

Está sendo ministrado, durante 10 dias, no 3° batalhão de policia militar de Imperatriz, um treinamento sobre Direitos Humanos.

Isaque Ramos da Silva Junior que é professor universitário disse que o curso é importante para que a comunidade possa perceber o policial próximo a ela, assim como o policial também tem que está próxima a comunidade. São como dois sujeitos de uma mesma cena, que tanto a sociedade como o policial sejam promotores da cidadania.

Os que estão participando do curso já perceberam que a visão da comunidade para com o profissional de segurança precisa mudar para que haja uma aproximação maior, pois somente assim o trabalho poderá ser desenvolvido com maior eficiência.

O Tenente Martins disse que o aprendizado do curso é basicamente o trabalho do dia-a-dia, o qual está dando suporte para que haja um melhor relacionamento dos profissionais de segurança com a sociedade.

Irão participar do treinamento os policiais militares, civis, agentes de transito e o Corpo de Bombeiros.

O curso tem como principal objetivo aproximar a policia da comunidade melhorando o serviço prestado à sociedade na região Tocantina.






*Fonte: http://www.imperatriznoticias.com.br/component/content/article/60-geral/2758-dailane-santana

Vereadores de Imperatriz pede esclarecimentos ao secretário de educação do município, Zeziel Ribeiro

Vereadores de Imperatriz pede esclarecimentos ao secretário de educação do município, Zeziel Ribeiro

Realizada hoje audiência pública na câmara de vereadores de Imperatriz, solicitada pelo vereador Alberto Sousa (PP). A audiência tem o objetivo de pedir explicações ao secretario municipal de educação, Zeziel Ribeiro acerca de denúncias relacionadas ao processo seletivo para a contratação de pessoal para trabalhar na educação do município neste ano 2011.

Segundo Alberto Sousa, o seletivo foi realizado sem o conhecimento do legislativo, “fiquei sabendo pelo jornal já no dia seguinte ao seletivo”, complementa o vereador. O questionamento de outros vereadores também é referente aos aluguéis de imóveis e veículos sem uma licitação transparente para a Secretaria Municipal de Educação, que segundo Alberto Sousa também não passou por discussões na casa legislativa.

“Faz parte do papel dos vereadores pedirem explicações a todos que fazem parte do poder executivo, mas tanto o seletivo, como os aluguéis de imóveis e veículos estão de acordo com a lei”. Disse a subsecretária de educação do município, Marinalva da Silva.

Perguntado ao vereador qual o próximo passo, ele disse: “É analisar todos os documentos referentes ao problema e se constado alguma irregularidade, criar uma sindicância para aprofundar a investigação”.

 
 
 
 
 

EUA querem que outros países treinem rebeldes da Líbia, diz Gates

EUA querem que outros países treinem rebeldes da Líbia, diz Gates

Rebeldes foram obrigados a 'improvisar', diz secretário de Defesa dos EUA.
Bombardeios a tropas de Kadhafi não bastaram para ajudar oposicionistas.

Os rebeldes da Líbia precisam receber treinamento, mas fornecido por outros países e não pelos Estados Unidos, afirmou o secretário de Defesa americano, Robert Gates.

"Penso que a oposição (líbia) precisa, antes de mais nada, de treinamento, comando e organização", declarou Gates, antes de afirmar que até agora os rebeldes foram obrigados a improvisar.

"Muitos países estão em condições de dar esta assistência", afirmou Gates, durante uma audiência no Congresso.

"Não é uma capacidade que só os Estados Unidos possuem e, na minha opinião, outros deveriam ser responsáveis por isto", afirmou.

Com o fortalecimento das forças leais a Muamar Kadhafi frente aos rebeldes esta semana, surgiu a dúvida sobre entregar armas aos rebeldes ou não. Estados Unidos, Inglaterra e França afirmaram que consideravam esta possibilidade.

As forças especiais americanas - ou de outro país - estão em condições de fornecer treinamento militar aos rebeldes, mas Gates reafirmou que não serão enviadas tropas americanas à Líbia.

Agentes da CIA, que já estão no país segundo a imprensa americana, também podem dar este tipo de assistência.

A Líbia enfrenta uma batalha desde o começo deste ano, quando manifestações pedindo a renúncia do ditador Kadhafi, há 42 anos no poder, se tornaram confrontos violentos e passaram a ser reprimidos com força pelo regime. No dia 17 deste mês, a Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou uma resolução que valida quaisquer medidas necessárias para impedir um massacre de civis. Dois dias depois, a coalizão internacional liderada por Estados Unidos, França e Grã-Bretanha começou a bombardear a Líbia.







*Fonte: http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2011/03/eua-querem-que-outros-paises-treinem-rebeldes-da-libia-diz-gates.html

Programa Mais Cultura aprova projetos culturais

Além de São Luís, dezessete municípios maranhenses foram atendidos pelo programa.

A Secretaria de Estado de Cultura (Secma), por meio da Superintendência de Gestão do Programa Mais Cultura, divulgou, na segunda-feira (28), no Diário Oficial do Estado, a relação dos projetos aprovados nos editais Pontinhos de Cultura e Pontos de Leitura.

Além de pessoas de São Luís, participaram do edital artistas, produtores, entre outros profissionais dos municípios de Paulo Ramos, Vargem Grande, Imperatriz, Icatú, Bacurituba, São José de Ribamar, Alcântara, Pedreiras, Viana, Cantanhede, Cajapió, Tutóia, Caxias, Urbano Santos, Bacabal e Humberto de Campos.

Vinte projetos foram contemplados para o Prêmio Pontinhos de Cultura, seguidos de doze proponentes no prêmio Pontos de Leitura. Desta forma a Superintendência de Gestão do Programa Mais Cultura intensifica suas atividades com a formalização de mais dois editais que possibilitarão o acesso aos bens culturais e educacionais desenvolvidos pelas entidades e projetos contemplados.

Projetos aprovados Pontinhos de Cultura

- Associação Folclórica e Cultural Bumba meu Boi Bacabinha

- Associação Folclórica Tambor de Crioula Arte Nossa

- Associação AfroDidara& Cia Bumba Crioulo Didara São José

- Centro Comunitário Cultural e Eclesial de Vila Passos

- Instituto de Cultura e Artes Sotaque – Incartes

- Associação de Mulheres de Itamatatiua

- Fundação Pedreirense de cultura, desporto,lazer, turismo e meio ambiente

- Associação Beneficente Bumba-meu-boi Brilho da Liberdade

- Associação Folclórica do Bumba-meu-Boi da Fé em Deus

- Centro de Atividade Rosa Branca

- União dos Moradores do Povoado de Pedreiras

- Sociedade dos Amigos de Bacurituba

- Clube Social Beneficente e Recreativo Tradicional "Os Reis da Liberdade

- Associação dos Produtores do Projeto Beira Rio III

- Associação Quilombola da região de Santa Maria

- Associação Comunitária dos Moradores e Trabalhadores Rurais da Gleba Barro Duro – ASCMBD

- Bloco Carnavalesco Tradicional "Os Foliões"

- Associação Cultural dos Artistas Populares do Maranhão

- Associação Folclórica da Chegança

- Grupo Folclórico Lírio do Sertão

- Instituto Simplício Oliveira (ISO) - 1º Suplente

- Associação Cultural e Beneficente Rosa de Saron - 2 ° Suplente

- Associação Umbandista Manoelzinho Légua – Viana - 3º Suplente

Projetos aprovados em Pontos de Leitura

- Ponto de Leitura ABC do Zé - José Fernandes de Souza

- Projeto Ler pra Valer - leitores em rede - União dos Moradores da Vila dos Frades

- Baú da Imaginação: um convite a Leitura - Lígia de Jesus Carvalho

- Ponto de Leitura Espaço do Saber - Sociedade de Amigos das Bibliotecas do Maranhão - SAB/MA

- Criança Leitora Liberdade - ONG Saci-Pererê

- O Prazer da Leitura é um direito de todos - Auriléia Alves Matos

- Nasce uma criança Leitora - Joseane Maia Santos Silva

- Cantinho de Leitura "Saci-Pererê" - Alci Maria Lima

- Projeto de Leitura "Eu canto, tu contas" - Heridan de Jesus G.P. Ferreira

- Brincando com a Arca - Tatiane da Silva Cruz

- Projeto Leitura "Didi Barroso e Tia Juca" - Instituto Simplício Oliveira (ISO)

- Biblioteca Comunitária Professora Maria de Jesus - Maria Lilia Silva Diniz

*Fonte: www.imirante.com

SBPC: declaração de inconstitucionalidade das organizações sociais pode afetar produção científica

A presidenta da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader, acredita que a eventual declaração de inconstitucionalidade da Lei das Organizações Sociais “afetaria a produção científica no país” e comprometeria a aplicação de conhecimento. “Nós conseguimos aumentar o número de pesquisas no país e a formação de pesquisadores doutores [com a criação das organizações sociais]. Falta transformar o conhecimento em inovação. O modelo de gestão das OS [organizações sociais] permite isso”, disse ela à Agência Brasil.

Há, no país, cerca de 300 organizações desse tipo em funcionamento. Elas estão em 14 estados e em cerca de 160 municípios. No nível federal, têm destaque instituições de pesquisa incluídas no Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia, como o Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), o Laboratório Nacional de Luz Síncroton, o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE) e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (no Amazonas), além da Associação das Pioneiras Sociais, gestora da Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação.

Hoje (31), o Supremo Tribunal Federal (STF) julga ação direta de inconstitucionalidade (Adin) que questiona a legalidade das organizações sociais. A ação foi movida em 1998 pelo PT e pelo PDT, coligados em chapa que concorreu à Presidência da República nas eleições daquele ano.

De acordo com os dois partidos, o funcionamento das OS, previsto na Lei 9.637/1998, significa a privatização de atividades de competência do Estado, esvazia o controle social sobre as políticas públicas e programas executados e fere ritos da administração pública, já que os contratos de gestão das organizações sociais com órgãos públicos dispensam licitação.

O consultor Humberto Martins fez uma pesquisa, em 2009, sobre o funcionamento das organizações sociais para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e concluiu que as OS são um modelo de gestão moderno e que as restrições apontadas pelos dois partidos não se aplicam. “Falar em privatização é um exagero inadequado. Não há venda de ativos do patrimônio público”, ressaltou.



Segundo o consultor, as OS têm, de fato, mais flexibilidade de funcionamento do que os órgãos da administração direta, o que as dispensa de seguir a Lei de Licitações e a lei do regime jurídico dos servidores públicos civis.

Martins lembra, no entanto, que as organizações sociais devem prestar contas aos tribunais de Contas e aos órgãos de controle e fiscalização como a Controladoria-Geral da União (CGU).

O advogado da SBPC e da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Rubens Naves, que fará sustentação oral como amicus curiae (amigo da corte), em favor das organizações sociais, avalia que a ação do PT e do PDT “está superada historicamente”. Ele lembra que, em governos do PT, na Bahia, do PMDB, no Rio de Janeiro e do PSDB, em São Paulo e Minas Gerais, entre outros, há contratos de gestão com organizações sociais.

Em oitos anos de governo Lula, a Lei das Organizações Sociais não foi modificada e a Advocacia-Geral da União (AGU) deu parecer favorável à lei, em consulta do STF. “Se for declarada a inconstitucionalidade será o caos, um retrocesso com impacto muito grande”, diz o advogado ao contabilizar que só no estado de São Paulo há 18 hospitais que funcionam sob o modelo de gestão das OS.

A petição da Adin é assinada por advogados que tiveram procuração direta do ex-presidente do PT e ex-ministro José Dirceu e do ex-presidente do PDT e ex-governador Leonel Brizola (morto em 2004). A petição inicial dos dois partidos está disponível na página do STF.

*Fonte: www.agencia brasil.ebc.com.br

Corpo de José Alencar chega à base aérea em Belo Horizonte

Corpo de José Alencar chega à base aérea em Belo Horizonte

Cortejo com o ex-vice-presidente segue para o Palácio da Liberdade.

Aos 79 anos, Alencar morreu às 14h41 desta terça vítima de câncer.

Caixão com corpo de Alencar é desembarcado na base aérea de Belo Horizonte (Foto: Flávia Crisini/G1)

O corpo do ex-vice-presidente da República José Alencar chegou ao Centro de Instrução da Aeronáutica, antiga Base Aérea, ao lado do Aeroporto da Pampula, em Belo Horizonte, às 9h16 desta quinta-feira (31), na aeronave C-105 de transporte de tropas da Força Aérea Brasileira (FAB). Um avião C-99, também da FAB, chegou por volta das 9h com a família do ex-vice-presidente. Militares da Força Aérea fazem a guarda de horna do corpo de Alencar até o carro do Corpo de Bombeiros.

O caixão segue para o Palácio da Liberdade, sede simbólica do governo estadual, na Região Centro-Sul da cidade, onde José Alencar será velado durante a manhã e o início da tarde de quinta. De acordo com a assessoria do governo do estado, o carro dos bombeiros que será usado no cortejo é o mesmo que levou o corpo do ex-presidente Tancredo Neves, em 1985. O Exército, carros da FAB e as polícias Militar e Rodoviária Federal fazem a escolta do cortejo.

O enterro de José Alencar será nesta quinta-feira (31), no Parque Renascer Cemitério e Crematório, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A previsão é que a cerimônia de cremação comece às 14h.

De acordo com o Palácio do Planalto, em Brasília, a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmaram presença no velório na capital mineira. Eles estavam em Portugal e chegaram em Brasília às 20h desta quarta-feira (30). Dilma foi a Portugal para participar da cerimônia de entrega do título de "doutor honoris causa" a Lula, pela Universidade de Coimbra.

Os aviões da FAB deixaram Brasília, onde o ex-vice-presidente foi velado às 7h34 desta quinta-feira (31). Na capital federal, o corpo de Alencar ele foi velado durante toda a quarta-feira e mais de 8 mil pessoas passaram pelo Palácio do Planalto para a despedida.

Alencar, de 79 anos, morreu às 14h41 desta terça, em razão de câncer e falência múltipla de órgãos, segundo informou o Hospital Sírio-Libânes, onde estava internado havia dois dias. Os carros deixaram o prédio por uma saída lateral, que foi cercada durante a madrugada para evitar aglomeração de curiosos e da imprensa.

Populares que desejarem dar o último adeus a Alencar podem entrar no Palácio da Liberdade por uma entrada lateral. A previsão é que o arcebispo de Belo Horizonte, dom Walmor de Oliveira, faça um momento de oração no início do velório. O corpo deve sair do Palácio da Liberdade às 13h.

O trânsito em Belo Horizonte está com várias interdições e desvios para a passagem do cortejo do ex-vice-presidente. A comitiva, da Pampulha até o Palácio da Liberdade, vai passar pelas avenidas Santa Rosa e Antonio Carlos, Viaduto B, Rua dos Caetés e as avenidas Afonso Pena, Álvares Cabral e João Pinheiro. Na ida para o Parque Renascer Cemitério e Crematório, o cortejo vai passar pela Avenida Bias Fotes, Praça Raul Soares, Avenida Amazonas, Rua Conde Pereira Carneiro, Via Expressa, Avenida Delta e BR-040. Ruas no entorno do Palácio da Liberdade, na Praça da Liberdade, ficaram interditadas durante o velório, segundo a Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte.







*Fonte: http://g1.globo.com/politica/noticia/2011/03/corpo-de-jose-alencar-chega-base-aerea-em-belo-horizonte.html

Mar de Fukushima tem nível de iodo 4.385 vezes superior

Mar de Fukushima tem nível de iodo 4.385 vezes superior

Água analisada foi colhida a 300 metros da central nuclear.

Nível de radiação na região vem subindo.

Um nível de iodo radioativo 4.385 vezes superior ao padrão de segurança foi medido na água do mar a cerca de 300 metros da central nuclear de Fukushima, no nordeste do Japão, informou nesta quinta-feira (31) a operadora Tokyo Electric Power Co (Tepco).

A medição desta quinta é superior ao resultado obtido na véspera, quando o nível de iodo radioativo foi 3.355 vezes superior ao normal na água do mar recolhida na mesma área.

A água do mar analisada nos últimos dois dias tem o nível de iodo 131 mais alto desde o início da crise nuclear em Fukushima, inundada por um tsunami em 11 de março passado.

O problema é provocado, provavelmente, porque a água utilizada para resfriar os reatores nucleares vazou para o mar.

(Foto: Arte/G1)







*Fonte: http://g1.globo.com/tsunami-no-pacifico/noticia/2011/03/mar-de-fukushima-tem-nivel-de-iodo-4385-vezes-superior.html

Uema estuda adesão ao Exame Nacional do Ensino Médio

Integrantes da Comissão de Vestibular participaram de reunião sobre o assunto no Inep.

Nesta semana, integrantes da Pró-Reitora de Graduação (Prog) da Universidade Estadual do Maranhão (Uema) participaram, em Brasília, de reunião com a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Malvina Tania Tuttman, para discussão sobre a adesão das universidades estaduais, como a Uema, e federais ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na semana passada, outros integrantes estiveram em Maceió (AL) em reunião com as comissões de vestibular de universidades de outros Estados para tratar do assunto.

Atualmente, a Uema mantém a forma tradicional de vestibular, por meio do Processo Seletivo de Acesso à Educação Superior (Paes), em que os professores da casa redigem as questões que são utilizadas exclusivamente em cada edição do Paes. O Enem propõe uma forma de seleção unificada nos processos seletivos das universidades públicas, possibilitando a mobilidade acadêmica e um exame igual para todo o país.

As universidades têm autonomia e podem optar entre quatro possibilidades de utilização do Enem como processo seletivo: como fase única, com o sistema de seleção unificada, informatizado e on-line; como primeira fase; combinado com o vestibular da instituição; e como fase única para as vagas remanescentes do vestibular. Atualmente, a Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) são as duas instituições de ensino que aderiram ao Enem no Estado.

*Fonte: www.imirante.com

Brics já deixaram de ser emergentes, diz criador do termo

Brics já deixaram de ser emergentes, diz criador do termo

Em artigo no britânico 'The Times', economista Jim O'Neill defende que países sejam postos em categoria à parte.

Os quatro países conhecidos como Bric - Brasil, Rússia, Índia e China - já deixaram para trás o status de economias emergentes e precisam ser vistos como uma categoria à parte, escreve nesta quinta-feira o criador do termo, Jim O'Neill, no jornal britânico "The Times".

O'Neill, presidente da gestora de ativos da Goldman Sachs na Grã-Bretanha, sustenta no artigo que dois Brics, China e Brasil, já estão entre as sete maiores economias do planeta, com os outros dois muito próximos na lista.

"É cada vez mais claro para mim que se referir às quatro nações dos Bric como 'emergentes' não faz mais sentido", escreve o economista.

"Os Bric, junto com alguns outros países, merecem um status diferente de muitos outros que podem ser corretamente classificados como mercados emergentes."

Reclassificação

Recentemente a Goldman Sachs reclassificou os quatro países, que passaram a ser chamados de "mercados de crescimento" nos relatórios da consultoria.

Nesta categoria, estariam também Coreia do Sul, Indonésia, México e Turquia - entretanto, "muito longe" dos Bric em termos de importância econômica, escreve Jim O'Neill no Times.

O economista criou o termo Bric para ressaltar a força econômica dos quatro grandes emergentes na virada do século. Mas de lá para cá o passo do crescimento destes países tem superado as expectativas.

A projeção é de que o tamanho dos Bric supere o do G7 - o grupo de países mais industrializados do mundo - por volta de 2027, cerca de dez anos antes do previsto, diz O'Neill.

No artigo, ele ressalta o caso do Brasil, que se tornou a sétima economia do planeta "cerca de dez anos antes do que eu pensava".

Importância

Até o fim desta década, os Bric devem alcançar um PIB combinado de US$ 25 trilhões, comparado com cerca de US$ 11 trilhões atualmente e cerca de US$ 3 trilhões no início do século, afirmou O'Neill.

"Em algum momento nesta década, eles superarão, juntos, os Estados Unidos. Meu palpite é de que isso poderia ocorrer em torno de 2017-2018."

O economista diz que ser reclassificado de "mercados de crescimento" não implica que Brasil, Rússia, Índia e China "vão crescer todos os anos".

"Eles crescerão em ciclos, como todos os outros. O que queremos com isso é indicar que, à medida que a economia global continue rastejando nessa década, a proporção deles no PIB global deve aumentar."








*Fonte: http://g1.globo.com/economia/noticia/2011/03/brics-ja-deixaram-de-ser-emergentes-diz-criador-do-termo.html

Interdição do aeroporto de São Luís será investigada pelo MPF

Terminal de embarque e desembarque foi interditado porque o teto poderia desabar.

O Ministério Público Federal no Maranhão abriu um inquérito, nesta quarta-feira (30), para investigar as causas que levaram à interdição das instalações do terminal de embarque e desembarque no Aeroporto Marechal Cunha Machado, em São Luís, na semana passada, e conhecer as medidas adotadas pela Infraero para resolver os problemas.

Na manhã de hoje, os procuradores da República Alexandre Soares e José Milton Nogueira realizaram uma inspeção no terminal de embarque e desembarque desativado. Eles também visitaram as instalações provisórias que foram montadas para atender os usuários do serviço aéreo.

Os procuradores da República foram recebidos pelo Superintendente da Infraero e pelo Gerente de Operações de Engenharia, que mostraram as instalações e explicaram que houve uma deformação nas estruturas de sustentação da cobertura do aeroporto, que só foi constatado durante os trabalhos de instalação do sistema de climatização do terminal.

Primeiro, a Infraero teria feito uma interdição parcial, mas, como a situação da cobertura era instável, a administração do aeroporto resolveu interditar todo o terminal.

O Superintendente da Infraero informou que estão sendo montadas estruturas para uma sala de embarque climatizada e que a empresa pretende, a partir da próxima semana, que o desembarque ocorra pelo antigo terminal de cargas da VASP, o qual estaria sendo adaptado para essa finalidade.

Os Procuradores requisitaram ao Superintendente esclarecimentos escritos sobre o caso e as providências adotadas no prazo de 72h. O MPF também requisitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) a realização de vistoria nas instalações provisórias, para averiguar se elas atendem às normas dos terminais de Aviação. O MPF fez o registro fotográfico de toda situação encontrada.

O MPF pretende acompanhar a resolução do caso com a maior brevidade possível pela Infraero e, se for o caso, ajuizar ação civil pública para cobrar providências judiciais para que os serviços do aeroporto sejam prestados adequadamente.

As informações são do Ministério Público Federal no Maranhão.

*Fonte: www.imirante.com

Aneel modifica emissões de conta de energia

Aneel modifica emissões de conta de energia

A partir deste mês de março, os consumidores de energia elétrica precisam ficar mais atentos ao acesso do leiturista.

A partir deste mês de março, os consumidores de energia elétrica precisam ficar mais atentos ao acesso do leiturista da Companhia Energética do Maranhão (Cemar) – profissional que lê o consumo de cada imóvel – ao medidor de energia elétrica. Conforme resolução da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), nº 414/2010, artigo 87, as unidades consumidoras que apresentam impedimento de acesso para realização da leitura, obedecerão a critérios diferentes de faturamento que podem gerar confusão na hora de interpretar a conta.

Até então, quando havia algum obstáculo que impossibilitasse o acesso ou visualização do leiturista ao medidor que registra o consumo mensal de energia em cada imóvel, a Cemar cobrava, com base na legislação do setor elétrico, um valor baseado na média dos três últimos meses de consumo. Se ainda assim o impedimento continuasse nos meses seguintes, o cliente passaria a pagar apenas um valor mínimo, baseado na fase na qual a unidade consumidora fosse atendida (monofásico - 30kWh; ou trifásico - 100kWh), independentemente de haver registro de consumo maior que esta média.

A partir de agora, com as mudanças estabelecidas pela Aneel, as contas passam a ser faturadas pela média aritmética dos 12 (doze) últimos faturamentos anteriores à constatação do impedimento, e não mais pelos três meses, como acontecia anteriormente.

Se ainda assim o leiturista continuar não tendo acesso ao medidor, o cliente continua pagando a taxa mínima da fase (mono ou trifásico) na qual o imóvel é atendido por três meses. Contudo, e aí a maior novidade, após regularizada a situação de impedimento, será cobrado o consumo retroativo dos meses que o cliente estava pagando apenas a taxa mínima. É aí que o cliente precisa ficar atento para interpretar corretamente sua conta de energia elétrica, evitando desconfortos.


*Fonte:http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=76602

Caixa Econômica Federal insenta tarifa para remessas ao Japão

Caixa Econômica Federal insenta tarifa para remessas ao Japão

A Caixa Econômica Federal isenta, até o próximo dia 20 de abril, a tarifa das operações de Ordem de Pagamento para o Japão. A ação tem como objetivo ajudar na recuperação das famílias atingidas pelo terremoto, seguido de tsunami, que atingiram o território nipônico. As operações podem ser realizadas pelos correntistas da CAIXA. O banco emitirá uma Ordem de Pagamento internacional, para crédito em conta de beneficiário no Japão, em qualquer banco naquele país.

A CAIXA possui um escritório de representação em Tóquio desde 2007. Em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE), o banco oferece, aos brasileiros residentes no Japão, a possibilidade de dar entrada no pedido de saque do FGTS. Além disso, a CAIXA tem parceria para recebimento de ordens de pagamento do exterior com os bancos japoneses Iwata Shinkin Bank e Japan Post Bank.

Segundo o Itamaraty, 254 mil brasileiros vivem no Japão. A maioria reside nas províncias de Aichi, Shizuoka e Gunma. Os brasileiros formam a terceira maior comunidade estrangeira naquele país.


*Fonte:http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=76600

quarta-feira, 30 de março de 2011

MP convoca coletiva de imprensa sobre investigações de cartel de combustíveis

MP convoca coletiva de imprensa sobre investigações de cartel de combustíveis

A entrevista coletiva que seria concedida na manhã desta terça-feira pela Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária acerca das investigações sobre a existência de cartel na comercialização de combustíveis na capital maranhense só deve acontecer no prazo de duas semanas, de acordo com informações de José Osmar Alves, titular daquela promotoria. Segundo o próprio José Osmar, a coletiva anunciada não aconteceu por conta da falta de elementos factuais por parte da Promotoria para embasar qualquer conclusão sobre as denúncias de cartel. Ele disse ainda que a investigação visa a captar mais dados concretos e que mais empresários serão intimados a prestar esclarecimentos sobre a possível prática ilegal no comércio de combustíveis de São Luís.

“A entrevista coletiva sobre esse caso só deve acontecer daqui a uns 15 dias. A primeira não aconteceu porque eu pensava que já tivesse alguma coisa de interesse para mostrar para a sociedade, mas ainda não temos. Precisamos fazer mais investigações, intimar mais donos de postos para mais esclarecimentos”, disse José Osmar. Ainda de acordo com informações dele, a Promotoria intimará ao todo cerca de 10 empresários e que apenas um foi ouvido até o momento.

“Só conseguimos ouvir até agora um dono de posto de combustível. Precisamos intimar mais empresários. Vamos ouvir na investigação cerca de 10 ao todo”, disse José Osmar.

Estranhamento

O cancelamento da primeira entrevista coletiva causou estranheza. Inicialmente anunciada pela assessoria de Comunicação do Ministério Público do Maranhão para acontecer nesta terça-feira, o evento foi adiado momentos após o recrutamento dos meios de comunicação locais, na tarde desta segunda-feira (28), sob a alegação de que o promotor José Osmar teria desistido por motivos de saúde. O promotor José Osmar, em entrevista a uma rádio AM da capital anunciou que o Ministério Público estava investigando a possibilidade de cartel e ainda adiantou que vários empresários seriam intimados a prestar esclarecimentos à instituição. Uma semana depois, a equipe de reportagem de O IMPARCIAL entrou em contato novamente com ele para saber os resultados da investigação que deveriam ser anunciados, mas a resposta foi de que ainda não havia concluído as apurações. Na mesma ocasião, em contato com a assessoria de comunicação do Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Maranhão (Sindcomb), a informação repassada foi de que a instituição empresarial esperava “uma provocação mais objetiva por parte do Ministério Público”.

Combustíveis

Média R$ 2,761

Desvio padrão R$ 0,018

Valor mínimo R$ 2,730

Valor máximo R$ 2,799

Preço do etanol

Média R$ 2,188

Desvio padrão R$ 0,076

Valor mínimo R$ 2,080

Valor máximo R$ 2,349


*Fonte:http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=76505

Pesquisa revela onde vende combustível mais caro

Pesquisa revela onde vende combustível mais caro


Pesquisa realizada pela Agência Nacional de Petróleo, Biocombustível e Gás encerrou no fim de semana.

Pesquisa encerrada, sábado passado, pela Agência Nacional de Petróleo, Biocombustível e Gás (ANP) em 16 municípios do Maranhão aponta São João dos Patos como o local onde se vende a gasolina mais cara no estado, com uma média de R$ 2,94, o litro, enquanto Imperatriz aparece na outra ponta, com R$ 2,60, o menor preço.

De acordo com a pesquisa, em São Luís, onde o levantamento foi feito em 35 postos, o preço médio do combustível é R$ 2,76, havendo uma variação que vai de R$ 2,73 a R$ 2,79.

São João dos Patos é onde se vende também o etanol a preço mais elevado, R$ 2,39, enquanto em Barra do Corda ele fica mais barato, R$ 2,05, e no que diz respeito ao óleo diesel, Pinheiro tem o preço mais elevado, R$ 2,14, ficando a maior economia em Codó, onde se pratica preço médio de R$ 1,94.

A média do óleo diesel na capital é de R$ 2,07, variando de R$ 1,98 a R$ 2,15, e quanto ao álcool



*Fonte:http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=76497

Deputados recebem representantes de professores

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado César Pires (DEM), vai tentar agendar uma reunião entre o governo do Estado e o Sindicato dos Professores (Sinproesemma) com o objetivo de dar fim à greve que paralisa as aulas nas escolas públicas há 29 dias. Este foi um dos pontos deliberados na reunião realizada ontem, 29, na Presidência da Assembleia, com a presença de deputados e professores.

A reunião, conduzida pelo 1º vice-presidente da Assembleia, deputado Marcos Caldas (PRB), contou com a presença de 10 professores, representando o Sinproesemma e a base da categoria, e os seguintes deputados: César Pires, Rubens Junior (PCdoB), Cleide Coutinho (PSDB), Bira do Pindaré (PT), Gardênia Castelo (PSDB), Carlinhos Amorim (PDT), André Fufuca (PSDB), Marcelo Tavares (PSB), Eduardo Braide (PMN), Neto Evangelista (PSDB), Roberto Costa (PMDB), Valéria Macedo (PDT) e Edilázio Junior (PV).

Os parlamentares tiveram a oportunidade de ouvir esclarecimentos dos representantes dos professores sobre os motivos que os levaram à greve, que já dura 29 dias. O presidente do Sinproessema, Julio Pereira, explicou que não se trata de uma mobilização irresponsável para prejudicar ninguém, mas a paralisação foi a última opção dos professores diante da falta de consenso com o governo em atender a pauta de reivindicação.

Causa do impasse - O professor Marcelo Pinto informou as causas do impasse com o governo. Segundo ele, há necessidade de a governadora encaminhar para a Assembleia projeto de um novo Estatuto do Magistério, com as devidas adequações. Uma delas é a tabela salarial, cujo percentual de reajuste proposto pelos professores não conta com a aprovação do governo.

De acordo com Marcelo, o governo apresentou como proposta 10% de reajuste salarial aos professores a partir de outubro de 2011 e o sindicato rejeitou. Dentre as reivindicações dos professores está a progressão na carreira e a titularização, ou seja, a valorização salarial daqueles que têm títulos de especialização, mestrado ou doutorado.

Posição dos deputados - Durante a reunião, manifestaram-se deputados da base do governo e oposicionistas. Todos aceitaram a proposta do deputado César Pires de tentar abrir um canal de diálogo entre grevistas e o governo. César se propôs a conversar com a secretária Olga Simão (Educação) para que esta compareça à Assembleia para negociar com as lideranças.

O líder da oposição, Marcelo Tavares, disse que os deputados do bloco de oposição já analisam a possibilidade de convocar a secretária Olga Simão para comparecer à Assembleia, já que houve recusa a um convite anterior. Marcelo e os demais oposicionistas aprovaram a proposta de César Pires de tentar marcar uma reunião entre a representante do governo e os professores, mas desde que o local do encontro seja a Assembleia.

A proposta de realização de uma audiência pública sobre a greve chegou a ser cogitada pelo deputado Rubens Junior, mas não ganhou apoio dos deputados do governo. O deputado Bira do Pindaré sugeriu que o presidente da Comissão de Educação agende uma reunião com a governadora Roseana Sarney (PMDB) para que nela estejam presentes as lideranças do movimento e um grupo de deputados. "Precisamos chegar a um consenso".

Ao se manifestar, o deputado Roberto Costa pediu que a mobilização dos professores não seja partidarizada, lembrando que a situação está se agravando e que os maiores prejudicados são cerca de 500 mil alunos das escolas públicas do estado. Ele disse que não é contra a greve, mas que deve ser observada a limitação orçamentária do Estado para atender as reivindicações dos professores.

O mesmo posicionamento foi compartilhado pelo deputado Eduardo Braide (PMN), que também acha a reivindicação justa, mas tem que se levar em conta a possibilidade financeira do governo.

Ao finalizar a reunião, o deputado Marcos Caldas informou aos professores que a Assembleia Legislativa está de portas abertas a todas as categorias e que vai atuar de forma incisiva na busca por um acordo que dê fim à greve e atenda às duas partes.

Sobre o fato de efetivo da Polícia Militar ter tentado impedir o acesso dos professores à sede do Legislativo na manhã de ontem, Marcos Caldas esclareceu que o pedido para intervenção da PM não partiu do Legislativo. Pela liderança do governo, o deputado Roberto Costa informou que a solicitação do efetivo da PM também não foi feita pelo Executivo.


*Fonte: www.oprogresso-ma.com.br

Cinema no Teatro divulga a programação de abril

O projeto Cinema no Teatro divulgou ontem (29) toda a programação do mês de abril. Ao todo serão exibidos quatro filmes e, a exemplo do que aconteceu no mês passado, a prioridade é para filmes nacionais.

Na próxima segunda-feira (4) será exibido o filme Dona Flor e Seus Dois Maridos. O filme, produzido em 1976, foi o recordista de público no cinema brasileiro durante 34 anos, assistido por mais de 10 milhões de pessoas.

No dia 11 é a vez de Pixote, a Lei do Mais Fraco. Indicado ao Globo de Ouro de melhor filme, além de premiado em festivais da Suíça, Espanha e Estados Unidos. O longa mostra a entrada de crianças no mundo do crime.

Nas últimas duas semanas do mês serão exibidos os filmes Terra em Transe e Pagador de Promessas, este último único filme brasileiro premiado com a Palma de Ouro, no festival de Canes.

Novo site

O Cinema no Teatro também está de site novo. O endereço é www.cinemanoteatro.com. Lá, os internautas podem acessar a programação do mês e a sinopse dos filmes.


*Fonte: www.oprogresso-ma.com.br

Prova vai detectar nível de alfabetização no início do ensino fundamental

Alunos matriculados no 4° ano do ensino fundamental participam nesta semana de uma nova avaliação que pretende detectar o nível de alfabetização das crianças que completaram os três primeiros anos desse nível de ensino. A Prova ABC é uma iniciativa do Movimento Todos pela Educação e do Instituto Paulo Montenegro, em parceria com a Fundação Cesgranrio e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep).

As avaliações oficiais existentes hoje no país medem o desempenho dos alunos a partir do 5° ano do ensino fundamental. Para a diretora executiva do Movimento Todos pela Educação, Priscilla Cruz, é importante que o Brasil implemente um instrumento para medir a alfabetização dos alunos mais novos, de forma que as políticas públicas possam ser corrigidas a tempo.

“Se você não tem uma criança alfabetizada plenamente até os 8 anos de idade, o aprendizado a que ela tem direito no futuro não ocorrerá. O instrumento inicial de compreensão do mundo é a alfabetização”, afirma.

Foram selecionados 6 mil alunos de 262 turmas de escolas municipais, estaduais e particulares de todas as capitais do país para participar da prova. Os resultados estão previstos para a segunda quinzena de junho.

Desde 2008 o Ministério da Educação envia às escolas públicas do país a Provinha Brasil, um teste aplicado pelos próprios professores a alunos do 2° ano do ensino fundamental. Os resultados não são divulgados e servem apenas como diagnóstico para os educadores avaliarem o nível de aprendizagem dos estudantes. Priscilla acredita que é necessária uma prova externa e que cubra todo o país.

“Avaliação não é para punir ninguém, mas um instrumento para garantir a qualidade. O direito de aprender está na Constituição Federal, mas como a sociedade pode exigir se não há uma avaliação externa que diga se elas estão aprendendo ou não?”, pergunta.

Em 2008, dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostraram que 1,3 milhão de crianças e adolescentes brasileiros de 8 a 14 anos não sabiam ler nem escrever. Desse total, 84,5% frequentavam a escola.

*Fonte: www.agenciabrasil.ebc.com.br

Comissão do Senado aprova lista fechada para eleição proporcional

No sistema, são eleitos candidatos definidos em lista do partido.

A Comissão Especial de Reforma Política do Senado aprovou nesta terça-feira (29) a adoção da lista fechada como sistema eleitoral para os cargos proporcionais - vereadores, deputados estaduais, distritais e federais.

A comissão analisou três propostas em uma primeira rodada de votação: o proporcional com lista fechada, defendido pelo PT, o distrital misto com lista fechada, apoiado pelo PSDB, e o "distritão", modelo preferido pelo PMDB.

Após a primeira votação, os senadores restringiram a escolha aos dois modelos mais votados na comissão, o do "distritão" e o proporcional com lista fechada. Nessa segunda rodada de votação, a proposta defendida pelos petistas teve 9 novos contra 7 do modelo preferido pelos peemedebistas.

O sistema proporcional com lista fechada prevê o voto no partido, que define previamente a lista de pré-candidatos por ordem. O eleitor então vota no partido, mas os eleitos seguem a ordem determinada pela legenda. No chamado "distritão", os estados são considerados distritos eleitorais, sendo eleitos os candidatos mais votados. Na prática, funcionaria como no sistema majoritário, em se são eleitos os deputados ou vereadores mais votados.

No voto misto distrital com lista fechada, metade dos cargos são definidos pelo voto do eleitor, que vota conforme divisão dos Estados em distritos, e metade pela lista do partido.

Com a aprovação na comissão, a lista fechada para as eleições proporcionais deve fazer parte do anteprojeto da Reforma Política que será apresentada para votação no Senado. A comissão aprovou o sistema por 9 votos a 7. Quatro deputados se abstiveram de votar.

Outra comissão de Reforma Política na Câmara também está analisando o tema. O sistema de votação estava na pauta desta terça, mas a reunião foi adiada por conta da morte do ex-vice-presidente José Alencar. A reunião da Câmara foi remarcada para a próxima terça (5).

Atualmente, são levados em consideração todos os votos dados em candidatos do mesmo partido ou coligação. Com base na votação total, é definido o número de cadeiras por partido ou coligação. Com o novo sistema, o partido indicaria uma lista de deputados e o eleitor votaria na legenda. Os eleitos seriam declarados conforme a lista do partido.

*Fonte: www.imirante.com

terça-feira, 29 de março de 2011

Dilma diz que velório de Alencar será no Palácio do Planalto

Dilma diz que velório de Alencar será no Palácio do Planalto

Presidente disse que foi uma 'honra' ter convivido com Alencar.
Lula foi às lágrimas ao comentar morte do ex-vice-presidente.

A presidente Dilma Rousseff disse nesta terça-feira (29), em Coimbra, que o corpo do ex-vice-presidente José Alencar será velado no Palácio do Planalto. "Falei com o filho dele, o Josué [Alencar], e ele aceitou", disse. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que estava com Dilma em Portugal, disse ter apoiado a decisão de oferecer o Palácio do Planalto para o velório.

José Alencar, 79 anos, morreu às 14h41 desta terça (29), no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, em razão de câncer e falência múltipla de órgãos, segundo informou o hospital. Lula e Dilma disseram ter recebido a notícia juntos, por telefone, pelo médico Raul Cutait.

Lula e Dilma regressam ao Brasil nesta quarta-feira (30), após cerimônia na Universidade de Coimbra de entrega do título "doutor honoris causa" ao ex-presidente Lula. Eles devem chegar a Brasília no final da tarde. As reuniões de Dilma Rousseff com o presidente de Portugal, Cavaco Silva, e com o primeiro-ministro português, José Sócrates, foram canceladas.

Dilma lamentou a morte de Alencar. "Nós estamos em um momento de muito sentimento. Foi uma grande honra ter convivido com ele [Alencar]. Vai deixar uma marca. Estamos muito emocionados".

Lula foi às lágrimas ao falar sobre Alencar. "Connheço poucos seres humanos que tenham a alma de José Alencar, a bondade dele”, disse. “O Brasil perde um homem de dimensão excepcional”, completou.







Crédito acelera e cresce 21% até fevereiro de 2011

Crédito acelera e cresce 21% até fevereiro de 2011

O Banco Central quer um crescimento entre 10% e 15% neste ano.

O ritmo de crescimento do crédito continua acima do percentual considerado sustentável pelo Banco Central.

Dados da instituição mostram que o total de dívidas de consumidores e empresas cresceu 21% nos 12 meses encerrados em fevereiro. O BC quer um crescimento entre 10% e 15% neste ano.

O crédito chegou ao nível mais uma vez recorde de 46,5% do PIB (Produto Interno Bruto) no mês passado, o equivalente a R$ 1,74 trilhão. Em fevereiro, houve expansão de 1,3%, acima do verificado em janeiro.

Depois da queda verificada em janeiro, a média diária de concessões (novos empréstimos) cresceu 8,4%. Para os consumidores, os maiores aumentos foram no crédito pessoas (19,6%) e veículos (18,2%).

MEDIDAS

O BC vem adotando medidas para esfriar a economia e controlar a enxurrada de crédito que o mercado vive desde os últimos anos de gestão Lula.

A autoridade monetária impôs restrições a financiamentos com prazo superior a 24 meses e também retirou da economia, em dezembro, a última parte do dinheiro injetado na crise de 2008.

Essas medidas já se refletiram em juros mais altos e queda nos empréstimos, mas ainda não tiveram impacto significativo sobre o consumo.


*Fonte:http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=76417

Ex-vice-presidente José Alencar morre aos 79 anos

Ex-vice-presidente José Alencar morre aos 79 anos

Nos últimos 13 anos, Alencar enfrentou batalha contra o câncer.

Ele passou por diversas cirurgias e buscou tratamento alternativo nos EUA.

O ex-vice-presidente da República José Alencar morreu nesta terça (29), às 14h41, por falência múltipla de órgãos, aos 79 anos, no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O político mineiro lutava havia 13 anos contra um câncer na região do abdômen.

 Na última das várias internações, Alencar estava desde segunda (28) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Sírio Libanês, em São Paulo, com quadro de suboclusão intestinal.

O ex-vice-presidente lutava contra o câncer havia 13 anos, mas nos últimos meses, a situação se complicou.

Após passar 33 dias internado – inclusive no Natal e no Ano Novo –, o ex-vice-presidente havia deixado o hospital no último dia 25 de janeiro para ser um dos homenageados no aniversário de São Paulo.

A internação tinha sido motivada pelas sucessivas hemorragias e pela necessidade de tratamento do câncer no abdômen. No dia 26 de janeiro, recebeu autorização da equipe médica do hospital para permanecer em casa. No entanto, acabou voltando ao hospital dias depois.

Durante o período de internação, Alencar manifestou desejo de ir a Brasília para a posse da presidente Dilma Rousseff. Momentos antes da cerimônia, cogitou deixar o hospital para ir até a capital federal a fim de descer a rampa do Palácio do Planalto com Luiz Inácio Lula da Silva.
Ele desistiu após insistência da mulher, Mariza. Decidiu ficar, vestiu um terno e chamou os jornalistas para uma entrevista coletiva, na qual explicou por que não iria à posse e disse que sua missão estava “cumprida”. Na conversa com os jornalistas, voltou a dizer que não tinha medo da morte. “Se Deus quiser que eu morra, ele não precisa de câncer para isso. Se ele não quiser que eu vá agora, não há câncer que me leve”, disse.

No mesmo dia, ele recebeu a vista de Lula, que deixou Brasília logo após a posse de Dilma.

Internações

Os últimos meses de Alencar foram de internações sucessivas. Em 9 de fevereiro, ele foi hospitalizado devido a uma perfuração no intestino.

O ex-vice-presidente já havia permanecido internado de 23 de novembro a 17 de dezembro para tratar uma obstrução intestinal decorrente dos tumores no abdômen. No dia 27 de novembro, foi submetido a uma cirurgia para retirada de parte do tumor e de parte do intestino delgado.








Gabinete da Síria renuncia, diz televisão estatal

Gabinete da Síria renuncia, diz televisão estatal

Segundo comunicado, presidente Bashar al-Assad aceitou renúncia.
Líder sírio deve fazer pronunciamento à nação e abolir leis de emergência.

O presidente sírio, Bashar al-Assad, aceitou a renúncia de seu gabinete e do primeiro-ministro Mohammed Naji Otri nesta terça-feira (29), disse a televisão estatal síria.

"O presidente Assad aceita a renúncia do gabinete", disse um comunicado na televisão estatal.

Assad deve fazer um pronunciamento à nação ainda nesta terça ou quarta-feira em um discurso que pode incluir uma decisão para abolir as leis de emergência, após duas semanas de protestos pela democracia no país.

Manfestantes lotam praça em Damasco em apoio ao presidente sírio (Foto: AP)
 
Funcionários do governo na capital Damasco já haviam antecipado que o governo do primeiro-ministro sírio renunciaria e que um novo gabinete será formado nas próximas 24 horas. "O governo apresentará sua renúncia e um novo gabinete será constituído nas próximas 24 horas", declarou a fonte, que pediu anonimato.


O anúncio acontece no momento em que o regime enfrenta uma onda de protestos, com manifestações em várias cidades do país, alinhada com as revoltas nos países do mundo árabe. Cento e trinta pessoas morreram nas manifestações, segundo os opositores do regime, 30, de acordo com o governo.

Apoio

Nesta terça, uma manifestação em apoio ao presidente Bachar Al Assad reúne milhares de pessoas em uma praça em Damasco. Al Assad sofre uma série de protestos desde que chegou ao poder em 2000.

"Nos sacrificaremos por ti, Bachar", gritam os manifestantes que chegam a pé ou de ônibus na praça Sabaa Bahrat, em frente ao Banco Central. Outras manifestações estão programadas por cidades de todo o país.

"Deus, Síria, Bashar é um todo" e "Um, um, um, o povo sírio é um", afirmaram os manifestantes, com bandeiras sírias e fotos do presidente.

A Síria é um país de várias religiões e etnias, com maioria sunita e minorias alauita, que controla o poder, cristã e curda.







MEC e Inep chamam universidades para ampliar banco de itens do Enem

Os primeiros passos para aumentar a escala e o alcance do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam a ser dados. As instituições públicas de ensino superior vão participar da elaboração do banco de itens da prova a partir deste ano.

Antes, as questões do Enem era feitas por professores ou especialistas contratados diretamente para a tarefa. Aumentar o número de questões disponíveis é importante, já que a pretensão do Ministério da Educação (MEC) e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) é aplicar duas edições da prova ao ano.

Atualmente o Inep tem cerca de 10 mil questões no Banco Nacional de Itens (BNI) do Enem – a meta é chegar a 100 mil. Cada edição do exame é formada por 180 questões. As universidades federais, estaduais e municipais, além dos institutos federais de Educação Profssional podem se cadastrar para participar do edital a partir de amanhã (30). Elas serão pagas pelos itens elaborados, testados e aprovados. O investimento nesse projeto será de R$ 100 milhões.

A ideia é aproveitar a experiência acumulada pelas universidades na elaboração dos seus vestibulares para “engordar” o BNI. “É importante envolver cada vez mais as instituições públicas de ensino superior [no Enem]. Elas vão compartilhar de forma mais sistêmica”, explica a presidente do Inep, Malvina Tuttman. Segundo ela, as instituições já demontraram grande interesse em participar do projeto. Elas deverão formar equipes para elaborar as questões nas quatro áreas que são avaliadas no Enem: linguagens e códigos, ciências da natureza, ciências humanas e matemática.

Um banco de itens mais completo permitirá no futuro a informatização das provas do Enem. O ministro Fernando Haddad espera que esse modelo, já utilizado em países como os Estados Unidos, comece a sair do papel em um prazo de três anos. Pelo sistema CAT (Computer Adaptive Testing), o candidato faz a prova em um terminal capaz de gerar uma prova diferente para cada um. Isso é possível porque a metodologia adotada no Enem é a Teoria de Resposta ao Item (TRI), um modelo que atribui pesos diferentes às questões em função do número de erros e acertos obtidos pelos candidatos.

“O desenho dessa sala de aplicação está em estudo e assim que for concluído vamos soltar um segundo edital para instituições que queiram se habilitar para aplicar o exame”, informou Haddad. Inicialmente essas salas vão servir para testar os itens que vão ser incluídos no BNI. “A informatização necessita da instalação de áreas próprias para aplicação do exame nesse formato, o que exige a aquisição de equipamentos próprios por parte daqueles que vão se habilitar. Não é só o terminal, mas toda uma infraestrutura de segurança”, explicou o ministro.

De acordo com Haddad, o Inep ainda não definiu a partir de quando o Enem passará a ter mais de uma edição por ano. O mais provável é que o próximo edital já tenha a previsão da edição deste ano e de outra prova para o primeiro semestre de 2012. “Temos que dar início a esse processo”, afirmou.

*Fonte: www.agenciabrasil.ebc.com.br

Suspensas nomeações de quase três mil vagas de concursos federais

Governo federal oficializou decisão ontem. Dois concursos autorizados também foram suspensos.

Aprovados em concursos federais para ao menos 2.875 vagas terão de esperar autorização do Ministério do Planejamento para tomarem posse. Além disso, pelo menos dois concursos federais que haviam sido autorizados pela pasta estão suspensos: da Empresa Brasil de Comunicação e da Fundação Biblioteca Nacional, ligada ao Ministério da Cultura.

Portaria da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, publicada no "Diário Oficial da União" de segunda-feira (28) suspende, por "tempo indeterminado", os efeitos de publicações anteriores que autorizavam a realização para novos concursos públicos e, também, para o provimento (preenchimento) de cargos públicos no âmbito da administração pública, em autarquias e fundações.

O governo informou que realiza levantamento de quantos concursos foram autorizados, mas que ainda não foram realizados. Nesses casos todos estão suspensos.

Os concursos com edital já publicado, em fase de provas ou cursos de formação, terão prosseguimento, mas as nomeações serão analisadas “com lupa” pela ministra Miriam Belchior. De acordo com o Ministério do Planejamento, o concurso não será suspenso, a validade dele continua e a pessoa pode ser chamada dentro desse prazo, que pode ser de até dois anos, prorrogável por igual período.

Já as nomeações que já foram publicadas no "Diário Oficial da União" até esta segunda-feira (28) estão garantidas, além da realização de contratação por tempo determinado para atender à "necessidade temporária de excepcional interesse público", informou o Planejamento.

A medida faz parte da contenção de gastos públicos, tendo em vista o corte de R$ 50 bilhões no Orçamento deste ano. No fim do mês passado, ao detalhar o bloqueio de gastos, a secretária de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento, Celia Correa, já havia dito que não aconteceria "nenhum concurso público neste ano". "A não ser que tenha uma emergência. Até mesmo aqueles que já tinham sido realizados e que não tinham o curso de formação concluído não vão sair", acrescentou ela na ocasião.

O G1 refez o levantamento, publicado no dia 15 de fevereiro, dos concursos realizados a partir de 2009, que estão em fase de provas e divulgação de resultados e dos que já definiram os aprovados e dependem do Planejamento para dar posse.

Entre os concursos federais que já realizaram provas, mas ainda não divulgaram os aprovados, há ao menos 1.190 vagas em jogo. Esses concursos também são para áreas que precisam de aval do Planejamento para nomear os classificados, mas o prazo de validade deles só será contado a partir da divulgação do resultado final, a chamada homologação.

Já entre os concursos que tiveram o resultado final publicado (homologados) são 1.685 vagas aguardando autorização para nomeação.

Veja ainda no levantamento abaixo os concursos abertos a partir de 2009 e que, segundo os órgãos, já deram posse a todos os aprovados, mas estão na validade. Ou seja, se houver desistência, a instituição ainda pode chamar candidatos que participaram daquela seleção.

*Fonte: www.imirante.com

segunda-feira, 28 de março de 2011

Brasileiro prefere pagar as despesas em dinheiro, diz pesquisa

Brasileiro prefere pagar as despesas em dinheiro, diz pesquisa

Brasileiros ainda usam dinheiro como principal forma de pagamento em transações comerciais, correspondendo a 72% comparativamente às outras formas de pagamento.

Os brasileiros ainda usam o dinheiro como principal forma de pagamento em transações comerciais, correspondendo a 72% comparativamente às outras formas de pagamento. É o que informa a pesquisa "O Brasileiro e sua Relação com o Dinheiro" divulgada nesta segunda-feira pela assessoria de imprensa do Banco Central. A pesquisa foi realizada com 2.089 pessoas, contemplando todas as 26 capitais brasileiras e o Distrito Federal, além de municípios com porte a partir de 100 mil habitantes.

O levantamento revela que a maioria da população brasileira continua recebendo seu salário em dinheiro, cerca de 55%. Porém, o número de pessoas que possuem conta corrente cresceu significativamente, passando de 39% em 2007, para 51% em 2010, bem como houve um considerável crescimento da participação do cartão, tanto de crédito quanto de débito, no pagamento de contas e compras, principalmente nas compras de super/hipermercados, eletrodomésticos, roupas e calçados. O valor médio das despesas mensais do público cresceu cerca de 40% entre 2007 e 2010, ficando em torno de R$ 808, sendo que 59% são pagas em dinheiro.

Novas cédulas

As campanhas já realizadas pelo BC sobre o dinheiro foram importantes para a população identificar os elementos de segurança das cédulas. Para 87% dos entrevistados, a campanha ajuda as pessoas a se protegerem do recebimento de possíveis notas falsas.

A frequência com que se verifica se a nota é verdadeira cresceu entre 2007 e 2010 passando de 51% para 61%. A pesquisa demonstra também que quanto mais alto o valor da cédula maior a preocupação se o dinheiro é verdadeiro ou falso. Entre os elementos de segurança, a marca d’água é verificada com maior frequência, cerca de 41%, seguida do fio de segurança, que representa 37% e da textura, com 25%.

Circulação

A maioria dos entrevistados costuma levar diariamente valores médios de até R$ 20, elegendo as notas de R$10 e R$5 como suas preferidas e também as que mais sentem falta no momento que precisam fazer um pagamento.

As cédulas recebidas dos bancos são consideradas de boa qualidade por 97% do público e apenas 15% dos entrevistados sentem dificuldade de obter notas de determinados valores, principalmente as de R$5 e R$2. Questionados, 67% dos entrevistados gostariam de ter notas de R$ 2, R$ 5 e R$10 nos caixas de auto atendimento.

Aproximadamente 21% dos entrevistados costumam levar diariamente até R$ 3 em moedas. Para o comércio, as moedas de R$1 e R$0,50 são as que mais fazem falta no momento do troco. A pesquisa também revelou que, nos últimos três anos, diminuiu de 14% para 9% o número de comerciantes que sentem falta da moeda de R$0,01 na hora do troco.

Conservação das cédulas

Cerca de 82 % da população brasileira considera importante que as cédulas não estejam rasgadas. A pesquisa indica que a maioria da população guarda o dinheiro em local adequado. A carteira é usada para guardar o dinheiro por 61% dos entrevistados.

Outras formas declaradas de guardar as cédulas são no bolso, com 24%, soltas na bolsa, que somam 9% em compartimentos dentro da bolsa, que representam 7%, em carteirinhas dentro da bolsa, também com 7% ou em porta níqueis, de apenas 3% dos entrevistados. Em relação à moeda, 33% dos entrevistados disseram que guardam as moedinhas no bolso. Outros 22% na carteira e 30% em porta níqueis.


*Fonte:http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=76296

Japão e balanços provocam perdas nas bolsas da Ásia

Japão e balanços provocam perdas nas bolsas da Ásia

O alto nível de radiação na usina nuclear de Fukushima, no Japão, voltou a preocupar o mercado acionário nesta segunda.

SÃO PAULO - O alto nível de radiação na usina nuclear de Fukushima, no Japão, voltou a preocupar o mercado acionário nesta segunda-feira. Mais uma vez, os trabalhos no local foram prejudicados pelo risco de contaminação, ampliando os temores dos investidores de uma tragédia nuclear.

O índice Nikkei 225, da bolsa de Tóquio, encerrou o primeiro pregão dessa semana com queda de 0,60%, aos 9.478,53 pontos. As ações da Tokyo Electric Power (Tepco), empresa responsável pela gestão da central atômica de Fukushima, tombaram 17,73% nesta sessão.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng também fechou no vermelho, baixando 0,39%, para 23.068,20 pontos. As ações da China Petroleum Chemical e do China Construction Bank caíram mais de 2% após as empresas divulgarem seus balanços.

O Taiwan Taiex, da bolsa de Taipé, acompanhou o movimento e recuou 0,67%, para 8.553,06 pontos. Os resultados reportados pela fabricante de computadores Acer contribuíram para o desempenho negativo deste pregão, provocando queda de quase 7% nos papéis da companhia.

Já em Sydney, as ações das mineradoras foram a principais responsáveis pela retração de 0,19% no SP/ASX 200, que fechou aos 4.733,60 pontos. Os papéis da BHP Billiton perderam 0,69% e os da Rio Tinto, 0,23%.

Em sentindo contrário, o Shanghai Composite, da bolsa de Xangai, ganhou 0,21%, aos 2.984,00 pontos, acompanhado pelo índice Kospi, da bolsa de Seul, que avançou 0,11%, para 2.056,39 pontos.


*Fonte:http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=76271

Balança comercial de março será divulgada no dia 1º de abril

Balança comercial de março será divulgada no dia 1º de abril

SÃO PAULO - Os dados da balança comercial do mês de março serão divulgados nesta sexta-feira, dia 1º de abril, incluindo os números das duas últimas semanas do mês, informou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Por este motivo não haverá divulgação da balança semanal nesta segunda-feira (28/3).

As informações preliminares estarão disponíveis no site do MDIC às 11h desta sexta-feira e haverá entrevista coletiva para comentar os resultados às 15h30.


*Fonte:http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?id=76270

Construção civil fica mais cara, puxada pela mão de obra, revela FGV

Construção civil fica mais cara, puxada pela mão de obra, revela FGV

O Índice Nacional de Custo da Construção - Mercado (INCC-M), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), atingiu 0,44%, em março, resultado maior do que o de fevereiro (0,39%). Desde o começo do ano, o índice acumula alta de 1,21% e, nos últimos 12 meses, de 7,45%. O INCC é um dos subcomponentes do Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M).

As taxas subiram em índices superiores aos do mês anterior em quatro das sete capitais onde a pesquisa é realizada: Salvador, com 0,62% ante 0,41%; Brasília, com 0,15% ante 0,04%; Belo Horizonte, com 0,54% ante 0,31%; e Porto Alegre, com 1,02% ante 0,24%. Nas demais, as correções ocorreram com variações menores: São Paulo, com 0,34% ante 0,46%; Rio de Janeiro, com 0,35% ante 0,42%; e Recife com 0,33% ante 0,92%.

A taxa do setor da mão de obra aumentou na média em mais do que o dobro (de 0,12% para 0,27%) e acumula em 12 meses alta de 9,36%. Esse crescimento foi influenciado, principalmente, pelos reajustes salariais concedidos em duas localidades, Salvador e Porto Alegre.

Na capital gaúcha, os profissionais receberam adicionais previstos no acordo coletivo da categoria, que elevaram os ganhos na média em 1,30%. Na capital baiana, as correções tiveram variação média de 0,56%.

No segmento materiais, equipamentos e serviços, o índice perdeu força, passando de 0,65% para 0,60%. Nos últimos 12 meses, a variação alcançou 5,72%. O que mais tem encarecido são as instalações elétricas, embora tenham apresentado percentual menor do que em fevereiro (de 2,56% para 1,30%). Desde o começo do ano, esses serviços acumulam um aumento de 5,89% e, nos últimos 12 meses, de 18,29%.





 

Criador da rede social Orkut tem conta no Facebook

Criador da rede social Orkut tem conta no Facebook

Orkut Buyukkokten tem conta no site concorrente.
No Facebook, ele tem 455 amigos.


O criador da rede social do Google, o Orkut, criou um perfil no site concorrente Facebook. Orkut Buyukkokten possui 455 amigos no site criado por Mark Zuckerberg. (Foto: Reprodução)